top of page
crescimento

mudar para melhorar a aprendizagem

Project 2020-1-PT01-KA101-078110

Objetivos

O projeto KA1 “Mudar para melhorar a aprendizagem” tem como grande objetivo que o Agrupamento melhore e evolua enquanto organização ao nível de 5 áreas.  

1 - Liderança e gestão

As Escolas são organizações vivas e dinâmicas que enfrentam múltiplos desafios no seu quotidiano. Líderes e gestores mais informados e capacitados estarão mais aptos para enfrentar esses mesmos desafios. Não só os elementos que compõem as Direções das Escolas são gestores ou líderes, pois as lideranças intermédias assumem um papel preponderante junto dos seus pares no seio de uma organização escolar. Queremos conhecer novas realidades que nos ajudem a criar uma visão e uma missão mais enquadrada com os desafios da escola do século XXI. Queremos introduzir conceitos como Benchmarking, coaching e team building de forma a melhorar a tomada de decisão, a resolução de problemas e o espírito de equipa.  ​

2 - Organização

As Escolas são organizações vivas e dinâmicas que enfrentam múltiplos desafios no seu quotidiano. Líderes e gestores mais informados e capacitados estarão mais aptos para enfrentar esses mesmos desafios. Não só os elementos que compõem as Direções das Escolas são gestores ou líderes, pois as lideranças intermédias assumem um papel preponderante junto dos seus pares no seio de uma organização escolar. Queremos conhecer novas realidades que nos ajudem a criar uma visão e uma missão mais enquadrada com os desafios da escola do século XXI. Queremos introduzir conceitos como Benchmarking, coaching e team building de forma a melhorar a tomada de decisão, a resolução de problemas e o espírito de equipa.  ​

3 - Pessoal de Educação (Staff)

É necessário promover a aprender com a partilha de experiências, com a observação de práticas reflexivas de docentes de outros países. Queremos perceber como é que as escolas promovem o trabalho colaborativo, a supervisão, a gestão do currículo, o trabalho interdisciplinar e se focam na resolução conjunta dos problemas dos alunos. Queremos também promover competências de gestão de conflitos, de atendimento à comunidade e de acompanhamento dos alunos.  

4 - Práticas letivas e metodologias de ensino ativas

A forma de ensinar e de aprender é diferente do passado, tornando[1]se urgente promover novas metodologias de ensino que se traduzam em mais e melhores aprendizagens dos nosso alunos. Precisamos de valorizar a escola, fomentar a curiosidade, a criatividade e o pensamento crítico nos nossos alunos, aumentando-lhe a motivação e a predisposição para a aprendizagem A escola do século XXI deve proporcionar ambientes e experiências que permitam aos alunos construir o seu conhecimento na interação com os seus pares e com os seus professores. Devemos procurar as melhores estratégias de ensino que tragam sucesso nas aprendizagens e que contribuam ativamente para alcançar o perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória. Metodologias como project based learning, problem solving, flipped classroom ou gamification devem fazer parte da vida da escola e do léxico dos professores.  

5 - Dimensão Europeia

Para promover a dimensão europeia da escola precisamos de fomentar o conhecimento dos valores europeus entre o pessoal docente, não docente e alunos. Precisamos de melhorar as competências linguísticas e comunicacionais e o interesse pelas línguas estrangeiras, pois só assim será possível ultrapassar barreiras ao nível da empregabilidade, mobilidade, interculturalidade, refugiados e migrantes. As línguas são de crucial importância para aumentar os níveis de empregabilidade e mobilidade dos jovens. Queremos despertar a comunidade educativa para a necessidade de desenvolvimento de projetos internacionais e para a partilha de experiências a nível nacional e internacional na área do ensino e da formação. Queremos capacitar a comunidade em termos de organização de eventos, de logística e de desenvolvimento de projetos, dotando-os de curiosidade, autonomia e capacidade de decisão. 

bottom of page